Homem é atingido por pedra que se soltou de viaduto no ABC e tem o nariz quebrado

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O aposentado Carlos Sales Peres, 63, foi atingido na cabeça por um pedaço de concreto que se desprendeu da estrutura do viaduto Presidente Castelo Branco, no bairro de Santa Terezinha, em Santo André (ABC paulista), na manhã deste domingo (6).

O homem afirma que teve nariz e maxilar quebrados e sofreu cortes na cabeça e no rosto, além de escoriações e traumas que resultaram em inchaços.

Em nota, a Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, diz que investiga o caso. "As causas estão sendo investigadas por equipe técnica da secretaria, que já esteve no local em vistoria."

Peres gravou um vídeo após o acidente, no qual mostra a pedra -ele afirma que depois pesou o bloco e que o material pesa cerca de 2 kg.

"Olha a pedra que caiu na minha cabeça. Não dá nem para eu olhar para cima", diz na gravação, com o rosto ensanguentado.

Peres foi socorrido e levado à UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do Hospital e Maternidade Brasil, na região central de Santo André, onde segue internado. Ele passará por cirurgias para correção de nariz e maxilar.

O viaduto Presidente Castelo Branco, que liga a avenida Prestes Maia à avenida dos Estados, está parcialmente interditado para o trânsito de veículos pesados desde o último dia 9 de outubro.

A estrutura fará parte do Complexo Viário Santa Teresinha, obra da Prefeitura de Santo André, e o objetivo das obras é fazer com que o viaduto Presidente Castelo Branco comporte o aumento no volume de tráfego previsto com o futuro complexo.

A esposa da vítima, Vera Mendes, também gravou um vídeo no local, sobre o viaduto. Nas imagens ela mostra diversos pedaços de concreto soltos, como o que atingiu seu marido, próximos à grade.

Nesta segunda (7), Peres disse à Folha de S.Paulo que o acidente aconteceu por volta das 5h do domingo, enquanto caminhava com um amigo em direção à estação de trem Prefeito Saladino, da linha 10-turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Ao passar por uma via logo abaixo do viaduto, a rua Fichet, foi atingido pelo objeto.