Homem é detido após tentar atropelar multidão na Bélgica

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - As forças de segurança belgas detiveram nesta quinta-feira (23) um motorista que tentou lançar seu veículo contra a multidão em uma artéria comercial da Antuérpia, anunciou a polícia, ressaltando que essa grande cidade do norte da Bélgica está sob "vigilância reforçada".

O veículo, com placa francesa, "circulava em alta velocidade na rua comercial de Meir, obrigando as pessoas a se afastar", declarou um responsável policial da Antuérpia, Serge Muyters, em uma coletiva de imprensa.

O motorista, de origem norte-africana, foi detido após uma perseguição no centro da cidade, disse Muyters, que não informou sobre feridos.

Segundo o Ministério Público (MP) belga, responsável pelos processos de terrorismo e que assumiu a investigação, "trata-se de Mohamed R, nascido em 8 de maio de 1977, de nacionalidade francesa e domiciliado na França".

Ele acrescentou que várias armas foram encontradas na mala do veículo.

O incidente na Antuérpia foi registrado um dia após um atentado que deixou três mortos nas imediações do Parlamento britânico em Londres, enquanto a Bélgica lembrava o primeiro aniversário dos atentados terroristas de Bruxelas que mataram 32 pessoas.

Desde os atentados terroristas de Paris em novembro de 2015 e da capital belga, ambos reivindicados pela organização Estado Islâmico (EI), a Bélgica se encontra em um nível de alerta terrorista de 3 em uma escala de 4.