Homem é morto em tiroteio durante operação policial na Cidade de Deus

Carolina Heringer

RIO - Um homem morreu durante um tiroteio na Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, no início da noite dessa quarta-feira. João Vitor Gomes da Rocha, de 18 anos, chegou a ser levado para o hospital municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, mas não resistiu. Segundo moradores e lideranças comunitárias, a troca de tiros teve início com a entrada de um veículo blindado da PM na comunidade. A ação da polícia interrompeu a distribuição de 200 cestas básicas que era feita pelo grupo Frente CDD, que realiza ações na comunidade em meio à pandemia do novo coronavírus.

Segundo pessoas que participavam da ação, por causa da distribuição de cestas básicas, que ocorria na região conhecida como Pantanal, a rua estava muito cheia. O caveirão, de acordo com os relatos, entrou já no fim da ação. Com o início do tiroteio, moradores e pessoas que participavam da distribuição corrreram para dentro de algumas casas. Nesse momento, João Vitor foi baleado. O rapaz foi socorrido pelos policiais dentro do caveirão.

Questionada pelo EXTRA sobre o objetivo da operação, a assessoria de imprensa da PM informou que policiais do 18º BPM (Jacarepaguá) e da 41ª DP(Tanque) realizaram uma ação conjunta na Cidade de Deus para checar denúncias de tráfico de drogas. “Durante a entrada das equipes, os criminosos atiraram e houve confronto”. Ainda segundo a nota, um homem foi baleado e levado para o Lourenço Jorge. Ainda segundo a PM, no local foi apreendida uma pistola.