Homem é preso em Petrópolis após manter a ex-mulher em cárcere por 12 horas; vítima foi agredida e estuprada

·1 minuto de leitura

Agentes da 105ª DP (Petrópolis) prenderam, nesta quinta-feira, um homem de 32 anos acusado de manter a ex-mulher em cárcere privado por 12 horas. Durante esse período, segundo a polícia, o agressor agrediu, estuprou e ameaçou a vítima com uma faca. O crime aconteceu no bairro Siméria, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio.

O criminoso foi localizado em casa, depois que familiares da vítima estranharam o fato de que ela não havia comparecido ao trabalho e acionaram a polícia. Ao ser resgatada, a jovem encontrava-se em estado de choque.

Com o preso, foi apreendida a faca utilizada para praticar o crime. Ainda de acordo com a Polícia Civil, o agressor é reincidente neste tipo de ataque. Em 2020, ele foi indiciado por arrancar parte da orelha de uma outra ex-companheira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos