Homem é preso no Piauí suspeito de se passar por menina em rede social e atrair mais de crianças 70 crianças

·1 minuto de leitura

RIO — Um homem foi preso, nesta quarta-feira, em Teresina, no Piauí, por suspeita de se passar por uma menina numa rede social para atrair crianças e estimulá-las a encaminhar fotos suas nuas ou praticando algum ato obsceno. De acordo com a 13ª DP (Sobradinho), da Polícia Civil do DF, responsável pela investigação, foram identificadas, desde março, mais de 70 vítimas em todo o Brasil, e esse número pode ser ainda maior. Contra o homem havia um mandado de prisão preventiva em aberto.

Ainda segundo a polícia, após receber as fotos das crianças, o suspeito depois as enviava para amigos das vítimas, por meio de outros perfis na mesma rede social usada por ele. Os agentes fizeram apreensões e todos o material será analisado para saber se o preso agia com outras pessoas. Para os investigadores, não resta dúvida sobre a autoria do crime.

A prisão do suspeito aconteceu durante a operação Innocentem, que contou com o apoio da Polícia Civil do Piauí. Além do mandado de prisão, os agentes também cumpriram mandados de busca e apreensão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos