Homem de 89 anos suspeito de intoxicação por dietilenoglicol morre em MG

RIO — A Polícia Civil de Minas Gerais confirmou na manhã desta quinta-feira a terceira morte entre os casos suspeitos de intoxicação pelo solvente dietilenoglicol em Minas Gerais. O paciente, um homem de 89 anos, estava internado no hospital MaterDei, em Belo Horizonte, e não resistiu. Ele estava entre os 18 casos confirmados e apresentava sintomas da síndrome nefroneural.

O corpo deu entrada no Instituto Médico Legal Dr. André Roquette às 5h25m desta quinta-feira, ainda segundo a corporação.