Homem acusado de cometer atos obscenos em ônibus de condomínio é autuado por importunação sexual

O homem acusado de cometer atos obscenos dentro de um ônibus de condomínio da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, foi autuado em flagrante por importunação sexual. O caso aconteceu na última quinta-feira, dia 3, e foi registrado na 12ª DP (Copacabana).

Denúncia: Mãe de santo acusa direção de hospital de intolerância religiosa por não ter acesso a paciente; diretor nega

Caso Flordelis: Ex-deputada acusa pastor Anderson de abusos sexuais e agressões; relatos serão levados ao júri

De acordo com a Polícia Militar, agentes do 23º BPM (Leblon) realizavam patrulhamento pela Autoestrada Engenheiro Fernando Mac Dowell, quando foram solicitados por passageiros de um ônibus da Associação Bosque Marapendi (ABM) — que faz viagens entre a Zona Oeste, Zona Sul e o Centro da capital fluminense. No local, foram informados que havia um homem cometendo atos obscenos.

Ao perfil Folha do Bosque, uma moradora afirmou que sua filha presenciou a cena antes de descer do veículo: “Minha filha saiu agora da delegacia por causa desse criminoso. Pedófilo do ônibus da ABM”.

Segundo a Polícia Civil, o acusado foi encaminhado à delegacia por policiais militares e autuado em flagrante pelo crime.