Homem acusado de estuprar a filha é preso pelos assassinatos da ex-esposa e do genro

Polícia prendeu homem acusado de estuprar filha e matar duas pessoas - Foto: Divulgação/Polícia Militar
Polícia prendeu homem acusado de estuprar filha e matar duas pessoas - Foto: Divulgação/Polícia Militar
  • Homem cometeu os assassinatos após ser acusado de estuprar a própria filha

  • Ele invadiu a casa da ex-esposa e a esfaqueou repetidas vezes

  • O genro teria tentado impedir o ataque e também acabou esfaqueado

Um homem foi preso na última quarta-feira (31) em Salto do Lontra, Paraná, acusado de matar a facadas a ex-esposa e o namorado da filha.

De acordo com informações do G1, o crime aconteceu no último dia 18 de julho e teria sido motivado por uma denúncia da filha, que acusou o próprio pai de estupro.

Segundo a investigação da Polícia Militar, o criminoso teria decidido assassinar a ex-mulher, Leonilda Pimentel, de 52 anos, por ter ajudado a filha a denunciá-lo.

Uma das filhas do casal relatou que o homem invadiu a casa onde ela vivia com a mãe perguntando por Leonilda. A mulher até conseguiu fugir para o quarto, mas foi alcançada e golpeada repetidas vezes nos punhos e no peito.

Os policiais que atenderam a ocorrência encontraram o genro do criminoso, Maylon Torquato, de 21 anos, sem vida no sofá. Ele foi esfaqueado no pescoço e no peito ao tentar defender a sogra do ataque.

Criminoso foi preso

O assassino já tinha um mandado de prisão em aberto contra ele pelo caso de estupro da filha. Após matar a ex-mulher e o genro, ele tentou fugir por uma área rural em Dois Vizinhos.

A polícia foi avisada e conseguiu deter o criminoso no momento em que ele escapava com a ajuda de um irmão, que é taxista. O suspeito, agora, responde por feminicídio, homicídio qualificado e estupro de vulnerável.