Homem alega que laser em show de Alok no Rock in Rio queimou câmera de seu iPhone

Repercussão da postagem foi tamanha que o próprio Alok respondeu, perguntando se o usuário estava na tirolesa montada no evento, já que o laser havia sido projetado para cima (Getty Creative)
Repercussão da postagem foi tamanha que o próprio Alok respondeu, perguntando se o usuário estava na tirolesa montada no evento, já que o laser havia sido projetado para cima (Getty Creative)
  • Laser emitido em show de Alok teria danificado iPhone

  • Repercussão da postagem foi tamanha que o próprio DJ respondeu

  • Não é impossível que equipamentos fotográficos sejam estragados ou danificados pela ação de raio laser

Um homem que participava do show do DJ Alok no último sábado, durante o Rock in Rio, postou no Twitter que a câmera de seu iPhone foi queimada por um laser emitido durante a apresentação.

No tuíte, que já tem quase 240 mil curtidas e mais de 5 mil compartilhamentos, o usuário identificado como Rodrigo, escreveu "ultima foto antes do laser do alok queimar a câmera do meu iphone. QUE ODIO" (sic).

A repercussão da postagem foi tamanha que o próprio Alok respondeu, perguntando se o usuário estava na tirolesa montada no evento, já que o laser havia sido projetado para cima. A situação também gerou memes brincando com o fato de que, na próxima quarta-feira (7) a Apple apresentará oficialmente o iPhone 14, e que a destruição de aparelhos viria a calhar.

Rock in Rio 2022

Segundo explicações do portal Tecmundo, apesar de faltar informações mais detalhadas sobre o ocorrido, não é impossível que equipamentos fotográficos sejam estragados ou danificados pela ação de raio laser.

"Por exemplo, lasers de baixa intensidade não devem impactar câmeras do tipo, mas fabricantes indicam que os produtos não sejam expostos. No entanto, lasers de alta intensidade e que podem criar calor, por outro lado, podem sim danificar eletrônicos".