Reféns são liberados após mais de 8h de sequestro no RJ; sequestrador foi preso

Foto: CARL DE SOUZA/AFP via Getty Images

Depois de mais de oito horas de sequestro, os dois últimos reféns que estavam num bar da Lapa, no Rio de Janeiro, foram liberados, por volta das 22h40 desta sexta-feira (29). O sequestrador foi preso pelos policiais que invadiram o bar e imobilizaram o criminoso com o uso de uma arma de eletrochoque.

O sequestro começou por volta das 14h quando um homem armado com um facão invadiu o Bar da Preta e fez sete pessoas de refém. Todos foram liberados sem ferimentos.

"As tropas especiais já estão com uma equipe montada para garantir negociação, com o objetivo de preservar vidas. Ele tem um facão, de tamanho razoável e possivelmente uma arma de fogo", relatou o porta-voz da PM durante a ocorrência.

Leia também

A Rua Resende, onde fica o bar, e as ruas do entorno ficaram fechadas. O Bope já teria orientado a moradores de prédios próximos para que se afastem da janela em caso de necessidade de alguma ação da polícia.

Movimentação próximo ao bar, na Lapa. (Foto: Centro de Operações do Rio/Divulgação)

O sequestrador, de acordo com informações preliminares, é conhecido como Danilo da Caipirinha, e seria vendedor de bebidas na região do Centro do Rio de Janeiro.

Uma das motivações possíveis para o crime teria sido uma discussão entre o vendedor de bebidas e a dona do bar. O homem mora próximo do estabelecimento. A briga teria ocorrido há alguns dias.

O primeiro refém foi liberado logo no início da ação. Às 16h50, a PM confirmou que mais um refém foi liberado e, às 18h, outra pessoa foi solta. Por volta das 19h, mais um refém saiu do bar sem ferimento algum e caminhando tranquilamente. O sequestro só foi encerrado pouco antes antes das 23h.