Homem com exoesqueleto completa maratona nos EUA e bate recorde mundial

Adam Gorlitsky bateu o recorde mundial de menor tempo para completar uma maratona utilizando um traje de exoesqueleto na Maratona de Charleston 2020

Um homem que competiu na Maratona de Charleston 2020 bateu o recorde mundial de menor tempo para completar uma maratona utilizando um traje de exoesqueleto. Adam Gorlitsky, da Carolina do Sul, nos EUA, completou a corrida de 42 km no último sábado mesmo paralisado da cintura para baixo.

Gorlitsky começou a corrida na quinta-feira à noite e terminou no sábado de manhã, sem fazer pausas para dormir. Com um tempo de 33 horas, 50 minutos e 23 segundos, ele bateu o atual recordista, o britânico Simon Kindleysides, que terminou a Maratona de Londres de 2018 em 36 horas e 46 minutos.

— Estou tentando quebrar o recorde de Simon há cerca de um ano. E agora que consegui, no segundo em que cruzei a linha de chegada, passei a ter um novo nível de respeito por ele e por qualquer pessoa que corre uma maratona vestindo um traje de exoesqueleto. Não foi nada fácil — disse Gorlitsky em entrevista à CNN.

O maratonista sofreu um acidente de carro em dezembro de 2005, e uma grave lesão na medula espinhal o deixou paralisado. Seus médicos pensaram que ele ele não seria capaz de andar novamente, mas depois de 10 anos, Gorlitsky conseguiu se levantar e caminhar usando um exoesqueleto robótico.

— Minha lesão na medula espinhal não define quem eu sou. A mensagem que eu quero deixar é que seus ferimentos, suas deficiências físicas e suas adversidades nunca definirão quem você é — disse.

O atleta está atualmente no meio de um desafio onde planeja dar um milhão de passos em corridas nos Estados Unidos usando seu exoesqueleto robótico. Gorlitsky já participou de quase 50 corridas em todo o país, e seu próximo objetivo é enfrentar o homem cujo recorde ele bateu.