Homem confessa que matou filho a facadas ao tentar separar briga com nora; veja o vídeo

·2 min de leitura
  • Homem confessou ter matado o filho a facadas no último sábado, em Serra (ES)

  • Em vídeo Wilson Motim afirmou que tentou separar uma briga de Weverson Corrêa com a esposa

  • Ele teria sido agredido pelo próprio filho e, então, desferido os golpes fatais

Um homem confessou ter matado o próprio filho a facadas em Serra, no Espírito Santo. Em vídeo publicado nas redes sociais, Wilson Alves Motim, de 58 anos, explicou os motivos de ter assassinado Weverson Corrêa, 28, no último sábado.

A vítima foi resgatada ainda com vida no bairro Jardim Tropical, após ser golpeada três vezes. Encaminhada ao Hospital Eduardo Dório Silva, porém, não resistiu aos ferimentos e teve o óbito confirmado.

“Estou aqui para expressar que a fatalidade que houve no sábado à noite nunca foi e nunca seria meu objetivo. Tirar a vida do meu próprio filho. Até então, tudo que eu fazia era para ajudar ele. Houve essa fatalidade”, disse Wilson em vídeo.

Segundo a versão do homem, Weverson e a esposa teriam brigado e o rapaz chegou até a ser atacado por estranhos. Ele teria agredido a mulher e o enteado, momento no qual Wilson decidiu intervir.

Em seu relato, o pai afirmou que passou a ser repetidamente agredido pelo filho com chutes, socos na cabeça e até uma “gravata”.

Pai confessou ter assassinado o próprio filho - Foto: Reprodução
Pai confessou ter assassinado o próprio filho - Foto: Reprodução

“Eu não estava aguentando mais. Depois disso, fui pegar meu carro para sair e evitar mais problemas, mas acabou acontecendo a fúria do inimigo. Ele chegou dando vários socos no vidro e na porta do carro. Eu saí e acabei desferindo as facadas, tirei a vida do meu próprio filho”, contou.

Wilson garantiu que não pensava em matar o próprio filho e que se entregaria à polícia. “Quero pedir perdão a Deus, a toda minha família e amigos. Nunca foi minha intenção tirar a vida do meu próprio sangue. Quero, também, falar que se eu devo, vou pagar.”

Versão diferente

Ainda no dia do crime, porém, a esposa do Weverson apresentou uma versão diferente sobre ao assassinato. Segundo ela, pai e filho ingeriam bebida alcoólica quando começaram a discutir. No meio da confusão, Wilson teria empunhado a faca e golpeado o rapaz.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos