Homem cria 'currículo-robô' e recebe 11 ofertas de emprego

·1 minuto de leitura
Foto: Getty Images.
Foto: Getty Images.
  • Homem espanhol criou um 'currículo-robô' para conseguir entrevistas de emprego;

  • Segundo David Vidal, os currículos convencionais não funcionam mais;

  • Bot o ajudou a ter 14 entrevistas de empregos, resultando em 11 ofertas de trabalho.

A pandemia piorou a situação empregatícia em vários países do mundo. Portanto, conseguir uma entrevista de emprego se tornou um trabalho em si. Em momentos como esse, a solução pode ser a criatividade, e é o que aconteceu com um homem na Espanha.

David Vidal, 29 anos, especialista em marketing, morador e natural de Valência, cidade do país ibérico, criou um 'currículo-robô', a fim de mostrar suas habilidades aos recrutadores.

Leia também:

Para o espanhol, os currículos convencionais não funcionam mais. Dessa forma, sobrou ao especialista em marketing mostrar as habilidades na sua área e na comunicação, provando a sua criatividade.

O 'currículo-robô', que é um bot, funciona de forma interativa. Basta os recrutadores darem afirmativo para o começo da entrevista, que mensagens automatizadas enviam o histórico profissional de Vidal, bem como sua foto de perfil, informações sobre sua passagem no mundo corporativo e suas principais qualidades.

Depois, o contratante pode escolher entre questões que já foram pré-programadas pelo possível contratado, como "Para você, o que é êxito?", "Fale sobre três de seus defeitos" e "Por que deveríamos contar contigo?”.

O espanhol diz ter usado o Landbot, uma plataforma que cria conversas não automatizadas e que tem inteligência artificial na base.

Vidal afirma que seu currículo viralizou, sendo usado por mais de 30 mil pessoas. O bot o ajudou a ter 14 entrevistas de emprego, resultando em 11 ofertas de trabalho.

As informações são do Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos