Homem de 102 anos é condenado por abuso sexual infantil de 1970

Pixabay

Um britânico de 102 anos recebeu uma sentença suspensa nesta semana por abusar sexualmente de uma menina em 1970. Dessa forma, ele deve se tornar a pessoa mais velha condenada por um crime no Reino Unido, segundo os promotores.

De acordo com informações da agência Reuters, Douglas Hammersley recebeu uma sentença suspensa de dois anos de prisão após se declarar culpado de três acusações de agressão sexual.

Os casos aconteceram em Buckinghamshire, no oeste de Londres, quando a vítima tinha entre 5 e 8 anos de idade.

“Nós fomos capazes de processar Hammersley graças à apresentação da vítima, embora as infrações tenham sido cometidas há mais de quatro décadas”, disse a promotora sênior Jennie Laskar-Hall.

Em dezembro, um homem de 101 anos foi condenado a 13 anos de prisão por uma série de crimes sexuais contra duas jovens irmãs e o irmão delas.

A polícia disse que ele era o homem mais velho a ser considerado culpado de um crime no histórico legal do Reino Unido.