Homem é assassinado a tiros após discussão por despejar lixo em área de colégio na BA

Homem foi assassinado em Lauro de Freitas - Foto: Getty Images
Homem foi assassinado em Lauro de Freitas - Foto: Getty Images
  • Homem foi assassinado após discussão com segurança de escola em Lauro de Freitas

  • O funcionário teria assassinado a vítima horas mais tarde, quando ela voltava do trabalho

  • Irmão do rapaz conseguiu escapar e garantiu ter visto o segurança no veículo

Um homem de 33 anos foi assassinado a tiros na última terça-feira (9) em Lauro de Freitas, na Bahia. De acordo com informações da família, o crime teria sido causado por uma discussão sobre o local de descarte de lixo.

Jamily Silva Reis tinha dois filhos, um de 17 anos e o outro de 3 meses. No dia do crime, ele almoçava na casa da mãe quando começou a confusão.

Segundo a mulher, o irmão de Jamily tirou o lixo de casa e colocou na porta da escola. "O menino [segurança] pegou a arma e disse que se o irmão não tirasse, ia atirar na perna dele. Aí, ele [Jamily] tirou o lixo [da porta da escola] e botou lá na porta [de casa]", explicou a mãe ao G1.

O entrevero, porém, teria irritado o segurança. Horas mais tarde, já no fim do dia, a vítima voltava do trabalho acompanhada do irmão quando foi alvejada.

"O irmão [de Jamily estava] na frente e ele atrás. Um carro branco com cinco pessoas [parou perto deles], um [homem] desceu e deu quase cinco tiros [na direção dos irmãos]", disse a mulher.

Irmão viu segurança

O irmão da vítima teria escapado com vida porque conseguiu correr. Ele afirmou, posteriormente, que viu o segurança do colégio dentro do carro de onde partiram os disparos.

A Polícia Militar foi chamada, prestou socorro e conduziu Jamily ao Hospital Geral Menandro de Faria, mas ele não resistiu. O caso, agora, é investigado pela Delegacia Territorial de Itinga.