Homem é atacado por jacaré em lago no MS e sai ileso: "Machuquei ele também"

·1 min de leitura
Homem é atacado por jacaré em lago localizado em Campo Grande - Montagem/Reprodução/Facebook
Homem é atacado por jacaré em lago localizado em Campo Grande - Montagem/Reprodução/Facebook
  • Um homem foi atacado por um jacaré enquanto nadava em Campo Grande, no último sábado (23)

  • Em vídeo, o animal se aproxima do banhista e o alcança, porém o rapaz saiu praticamente ileso

  • O homem foi atendido pelo Samu e disse que também "machucou" o réptil

Um homem foi atacado por um jacaré enquanto nadava no Lago do Amor, em Campo Grande, na tarde do último sábado (23). Em vídeo que viralizou nas redes sociais, o animal se aproxima rapidamente do banhista e o alcança, porém o rapaz saiu praticamente ileso, apenas com um ferimento no ombro provavelmente provocado pela mordida do réptil.

O professor Willyan Caetano, que estava no local, registrou o momento do ataque e publicou em seu Facebook. Em entrevista ao portal G1, ele disse que, por volta das 15h, estava tomando tereré com um amigo às margens do lago quando reparou que um homem entrava no local, proibido para banho.

"Então eu me levantei, tirei o celular e comecei a filmar. O homem foi muito rápido. Nadou até o meio do lago e quando voltava, percebeu o jacaré", afirmou o autor do vídeo.

O professor contou que o homem saiu com um dos braços ensanguentados e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu). Ele gravou um vídeo com a vítima, que brincou com a situação e disse ter "machucado" o animal.

"Vocês estão me vendo nessa situação, só que vocês não sabem como ele está lá com os dentes que ele perdeu da boca, porque eu dei umas machucadas nele também", falou.

A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), responsável pela administração do lago, informou ao portal G1 que o local é sinalizado e deixa explícito a proibição de nadar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos