Homem é morto a tiros ao lado da namorada; mulher reconheceu amante como atirador

Homem foi morto na cidade de Prata - Foto: Divulgação/Prefeitura de Prata
Homem foi morto na cidade de Prata - Foto: Divulgação/Prefeitura de Prata
  • Homem foi morto a tiros quando estava em uma motocicleta ao lado da namorada

  • A mulher reconheceu o amante como responsável pelos disparos

  • O criminoso conseguiu escapar e segue foragido

Um homem de 37 anos foi assassinado a tiros na cidade de Prata, em Minas Gerais, na noite da última quarta-feira (10). Ele estava com a namorada, que reconheceu o amante como responsável pelos disparos.

De acordo com informações do jornal Estado de Minas, o criminoso conseguiu fugir após o assassinato. Ele continua sendo procurado pela polícia.

O crime aconteceu duas semanas após a vítima deixar a prisão por progressão de regime, ficando em regime semiaberto. Ao sair da cadeia, ele foi almoçar com a namorada e acabou surpreendido com a chegada de um outro rapaz, que disse que se relacionava com a mulher e o ameaçou.

Na última quarta, o casal estava em uma moto durante a noite quando foi fechado no trânsito por outro motociclista, que desceu e, sem nenhum aviso prévio, disparou contra o rapaz.

Namorada viu o amante

Foram quatro tiros à queima-roupa, que eliminaram qualquer chance de sobrevivência da vítima. A namorada, porém, saiu ilesa e reconheceu o amante como autor do crime.

De acordo com a polícia, o suspeito, que não teve a identidade revelada, tem passagens prévias pela cadeia por outros crimes.