Homem é morto por canguru que mantinha como animal de estimação na Austrália

Homem foi morto pelo próprio canguru na Austrália - Foto: Getty Images
Homem foi morto pelo próprio canguru na Austrália - Foto: Getty Images
  • Homem foi morto por canguru dentro de casa em Redmond, na Austrália

  • O marsupial era mantido como animal de estimação e atacou o idoso

  • Foi a primeira morte causada por um ataque de canguru no país desde 1936

Um idoso de 77 anos morreu na última segunda-feira (12) em Redmond, na Austrália, após ser atacado por um canguru que mantinha como animal de estimação na própria residência.

De acordo com informações da BBC, um parente localizou a vítima com graves ferimentos na residência em que vivia e acionou o serviço de Emergência.

Ao chegarem ao local, porém, os paramédicos foram impedidos pelo canguru de prestar socorro ao idoso. Por isso, a polícia foi forçada a atirar e matar o animal.

Os médicos tentaram salvar a vítima, mas os ferimentos foram graves demais e ela não resistiu, morrendo ainda no local.

Um porta-voz da polícia explicou que a hipótese trabalhada pelos agentes é de que o rapaz tenha sido atacado pelo canguru no início do dia, ficando tempo considerável ferido.

Especialista em comportamento deste marsupial, Graeme Coulson explicou que o canguru tem dentes afiados, garras e pernas poderosas, que podem ser utilizadas em um ataque.

Primeiro ataque fatal desde 1936

Os episódios fatais, porém, são raros. Esta é apenas a primeira vez que um canguru mata um humano na Austrália desde 1936. Não se sabe o que motivou o ataque em Redmond.

Em episódios recentes, uma mulher de 67 anos teve a pena fraturada e ficou com cortes profundos após ser atingida em julho. Em março, uma criança de 3 anos teve ferimentos graves na cabeça após o ataque de um canguru.