Homem é preso após matar primo da esposa por ciúmes em festa no DF

·1 minuto de leitura
Vendedor foi preso após assassinar primo da esposa - Foto: Divulgação/PCGO
Vendedor foi preso após assassinar primo da esposa - Foto: Divulgação/PCGO
  • Vendedor atirou no primo da esposa por acreditar que ele estava assediando a mulher

  • O suspeito alegou legítima defesa, versão desmentida pelos presentes na festa

  • O rapaz foi preso nesta segunda-feira, dois meses após o crime

Um homem foi preso na manhã desta segunda-feira (20) por ter matado o primo de sua esposa durante uma festa. O rapaz, de 33 anos, cometeu o crime após uma crise de ciúmes.

De acordo com informações do portal Metrópoles, o assassinato ocorreu no dia 23 de julho em Anápolis, a 60 km de Goiânia.

Leia também

O Grupo de Investigação de Homicídios, responsável pela investigação, explicou que o vendedor começou a demonstrar ciúme por acreditar que o primo da esposa estava a assediando.

O casal teve uma discussão acalorada ainda no local e deixaram a festa. Momentos depois, porém, o criminoso retornou ao evento e abriu fogo contra alguns convidados.

Leandro não resistiu aos ferimentos causados pelos tiros - Foto: Divulgação/PCGO
Leandro não resistiu aos ferimentos causados pelos tiros - Foto: Divulgação/PCGO

Leandro Dias Pereira, de 37 anos, foi alvejado e morreu na hora. Outros dois convidados receberam tiros no braço e na perna, mas sobreviveram.

Suspeito disse que havia consumido drogas

Após investigação, o suspeito foi localizado no município de Niquelândia, também em Goiás. Ele admitiu ter matado Leandro após consumir drogas, mas garantiu que agiu em legítima defesa, versão desmentida por testemunhas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos