Homem é preso com faca, soco inglês e máscara de “La Casa de Papel” em ato pró-Bolsonaro no RJ

·2 minuto de leitura
Alguns dos itens encontrados com o rapaz - Foto: Divulgação/Operação Segurança Presente
Alguns dos itens encontrados com o rapaz - Foto: Divulgação/Operação Segurança Presente
  • Rapaz foi detido nas proximidades da concentração de ato pró-Bolsonaro no Rio de Janeiro

  • Agentes suspeitaram do grande volume em sua roupa

  • Com ele, foram encontrados soco inglês, faca, itens para fabricação de Coquetel Molotov e uma máscara

Um rapaz foi preso na última terça-feira durante a manifestação em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) realizada em Copacabana, no Rio de Janeiro. Ele portava uma faca, um soco inglês e itens utilizados na fabricação de Coquetel Molotov.

De acordo com informações da Operação Segurança Presente, a detenção ocorreu na Rua Bolívar, próximo à concentração dos manifestantes ainda momentos antes do ato ter início.

Leia também

“Os agentes da operação suspeitaram do homem que estava com um grande volume na roupa”, explicou a assessoria da operação.

Além das armas, os oficiais encontraram com o rapaz uma máscara de Salvador Dalí. O item tornou-se parte da cultura pop após ser utilizado pelos personagens da série “La Casa de Papel”.

Agente exibe faca que o homem portava - Foto: Divulgação/Operação Segurança Presente
Agente exibe faca que o homem portava - Foto: Divulgação/Operação Segurança Presente

O suspeito foi encaminhado para a 13ª DP, em Copacabana, a poucos quarteirões de onde foi detido.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Tentativas de invasão ao STF em Brasília

Durante as manifestações a favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em Brasília, chefes das forças de segurança identificaram pelo menos sete tentativas reais de invasão ao prédio do Supremo Tribunal Federal. A informação foi revelada pela coluna Painel, da Folha de S. Paulo.

Autoridades do Distrito Federal ainda temem que algo possa acontecer nesta quarta-feira (8), já que alguns apoiadores do presidente Bolsonaro acamparam em Brasília. A expectativa é que hoje o presidente do Supremo, Luiz Fux, abra a sessão com uma resposta aos discursos de Bolsonaro, feitos nos atos de 7 de setembro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos