Homem é preso por arremessar estaca contra mulher em carro em movimento no DF

Homem foi preso após tentar matar uma motorista - Foto: Divulgação/PCDF
Homem foi preso após tentar matar uma motorista - Foto: Divulgação/PCDF
  • Homem foi preso na última segunda-feira, acusado de tentativa de feminicídio

  • Ele é acusado de arremessar uma estaca contra um veículo em movimento, atingindo a motorista

  • O suspeito estava foragido desde 2019, mas foi localizado pela Polícia Civil do DF

Um homem de 29 anos foi preso na última segunda-feira (2) em Ceilândia, Distrito Federal, acusado de tentativa de feminicídio, após arremessar uma estaca contra uma mulher enquanto ela dirigia.

Segundo informações do portal Metrópoles, o suspeito havia sido condenado a 11 anos e seis meses de prisão em 2019 e estava foragido desde então.

O rapaz foi localizado por uma equipe da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), com informações obtidas pela 19ª DP (P Norte - Ceilândia), e conduzido até a cadeia, onde fica à disposição da Justiça.

O caso aconteceu no dia 30 de junho de 2019. Na ocasião, segundo o G1, Rafaele Christina Melo de Almeida, de 32 anos, dirigia pela DF-451 por volta das 6 horas quando viu um pedaço de madeira na pista e desviou.

Ao reduzir a velocidade para evitar um acidente, a vítima foi surpreendida pela ação de Jaime Pereira da Silva. O rapaz, à época com 26 anos, arremessou uma estaca contra o veículo da mulher.

A madeira atravessou o vidro e atingiu a cabeça de Rafaele. Mesmo ferida, ela conseguiu conduzir por cerca de três quilômetros, até ser ajudada por um motociclista.

A mulher foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e levada ao Hospital Regional de Ceilândia, onde recebeu 40 pontos na cabeça. Apesar do susto, ela foi liberada sem maiores transtornos.

Suspeito chegou a ser preso em 2019

Inicialmente, Jaime foi autuado apenas por lesão corporal e dano qualificado. Ele chegou a ser detido pela polícia, mas acabou liberado após a audiência de custódia.

Somente tempos depois, o rapaz teve a acusação aumentada para tentativa de feminicídio e foi julgado culpado. Jaime já possuía passagens pela polícia por furto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos