Homem é preso por filmar mulher tomando banho em condomínio em Goiás

·1 minuto de leitura
Delegada responsável pelas investigações contou que o condomínio recebeu denúncias semelhantes de outros moradores, de que o homem teria
Delegada responsável pelas investigações contou que o condomínio recebeu denúncias semelhantes de outros moradores, de que o homem teria "hábito" de filmar mulheres tomando banho (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
  • Um homem de 20 anos foi preso por filmar uma mulher tomando banho no condomínio Jardim Mariana, em Goianésia, Goiás

  • Delegada responsável pelas investigações contou que o condomínio recebeu denúncias semelhantes de outros moradores, de que o homem teria "hábito" de filmar mulheres tomando banho

  • O investigado pode responder por produzir, fotografar, filmar por qualquer meio, cena de nudez ou ato sexual de caráter íntimo e privado sem autorização dos participantes

Um homem de 20 anos foi preso por filmar uma mulher tomando banho no condomínio Jardim Mariana, em Goianésia, Goiás. O caso aconteceu na última sexta-feira (23). O nome do suspeito não foi divulgado pela Polícia Civil.

De acordo com o G1, a vítima relatou que estava tomando banho quando percebeu que alguém abriu a janela do banheiro pelo lado de fora, colocou um celular, e passou a filmá-la.

Leia também

Homem teria hábito de filmar mulheres no condomínio

A delegada Poliana Bergamo, responsável pelas investigações, contou que o condomínio recebeu denúncias semelhantes de outros moradores, de que o homem teria "hábito" de filmar mulheres tomando banho.

Segundo a investigação, por volta de meia-noite e 1h, o suspeito abre as janelas dos quartos ou banheiros dos apartamento térreos do condomínio e filma as mulheres tomando banho ou trocando de roupa.

"As investigações continuam no intuito de identificar outras vitimas e averiguar se o acusado filmou crianças ou adolescentes na mesma situação e se fez divulgação de tais vídeos", disse a delegada.

O investigado pode responder por produzir, fotografar, filmar por qualquer meio, cena de nudez ou ato sexual de caráter íntimo e privado sem autorização dos participantes. Neste caso, há pena prevista de 6 meses a 1 ano de prisão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos