Homem é preso por matar irmã na frente dos filhos e tentar enterrar corpo em casa

Homem foi preso pelo assassinato da própria irmã em MS - Foto: Getty Images
Homem foi preso pelo assassinato da própria irmã em MS - Foto: Getty Images
  • Homem foi preso após assassinar a própria irmã estrangulada na frente dos filhos dela

  • Rapaz ainda cavou um buraco onde enterraria o corpo da vítima

  • O cadáver foi descoberto por familiares, após um dos filhos da mulher contar o que havia acontecido para o primo

Um homem de 38 anos foi preso no último domingo (29) em Campo Grande-MS, acusado de matar a própria irmã e tentar esconder o cadáver na residência onde viviam. As informações são do G1.

Antônio Benites foi localizado pela polícia após dois dias foragido. Ele é acusado de assassinar Patrícia Benites estrangulada na frente dos filhos dela.

O rapaz estava na região do anel viário, próximo à saída para Três Lagoas, quando foi encontrado e preso pelos agentes. Ele seria interrogado ainda no domingo.

Antônio havia sido preso anteriormente por cinco anos por tentar matar a esposa e um filho, mas acabou solto sob a condição de usar uma tornozeleira eletrônica, que rompeu para poder fugir no fim de semana.

Entenda o crime

De acordo com relatos, Antônio e Patrícia viviam juntos na casa dos pais na capital sul-mato-grossense. Na madrugada de quinta (26) para sexta-feira (27), eles teriam ingerido bebidas alcoólicas juntos, o que, segundo familiares, costumava terminar em briga.

No dia seguinte, parentes notaram algo estranho no comportamento de Antônio, que foi à casa de um irmão pedir uma pá emprestada, sob a justificativa de estar construindo uma fossa.

Antônio chegou a dizer que Patrícia havia desaparecido com os filhos, mas depois deixou as crianças sob seus cuidados para ir trabalhar.

O suspeito não deixava ninguém entrar na residência, mas não conseguiu impedir um dos filhos de Patrícia de contar a um primo que Antônio havia matado a mulher.

O primo contou o relato para a mãe. A família mobilizou-se e foi até a casa onde os irmão viviam. Após forçarem a entrada, os parentes localizaram o corpo enrolado em um lençol, sob uma pia de concreto, ao lado de um buraco que Antônio havia cavado para enterrá-lo.

O criminoso apresentou comportamento violento com os irmão e escapou, ficando dois dias desaparecido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos