Homem engolido por chamas na Espanha teve 80% do corpo queimado e está internado em estado grave

Engolido pelas chamas de um incêndio florestal na Espanha nesta segunda-feira, Ángel Martín Arjona, de 50 anos, está internado em estado grave em um hospital da cidade de Valladolid. O fazendeiro teve 80% do corpo queimado e precisou ser transportado de helicóptero para a unidade de saúde.

Vídeo: fogo impede tráfego em rodovias e interrompe linha de trem na Espanha

Veja imagens: Europa luta contra incêndios em semana que deve ter recorde de temperaturas

Arjona sofreu queimaduras graves quando tentava fugir das chamas, em Zamora. Ele foi colhido pelo incêndio no momento em que usava uma escavadeira para cavar uma vala e tentar interromper o avanço do fogo.

O desespero de Arjona foi registrado em vídeo. As imagens, que viralizaram nas redes sociais, mostram o fazendeiro correndo com o corpo em chamas. De acordo com a Euronews, a vítima conseguiu chegar à sua mulher, que o ajudou com os primeiros socorros e chamou os bombeiros.

Calor extremo: temperatura no Reino Unido passa de 40ºC pela primeira vez na História

O fogo na região da propriedade de Arjona foi controlado. Mas teve duas mortes como saldo, até o momento. Há ainda três pessoas internadas em estado crítico. Outros seis mil moradores tiveram que deixar suas casas.

Além da Espanha, incêndios têm atingido países como Grécia, França e Portugal, durante uma forte onda de calor na Europa.

Segundo os cientistas, existe uma relação direta entre o fenômeno e as mudanças climáticas ao redor do planeta, já que as emissões de gases do efeito estufa aumentam sua intensidade, duração e frequência.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos