Homem fica pendurado em fio de alta tensão após salto errado de parapente

Vol d'un parapente
O parapentista, que não teve a identidade divulgada, iniciou o voo no período da manhã, por volta das 6h, e foi resgatado por volta das 14h (Foto: Via Getty Imagens)

Um homem ficou pendurado em um fio de alta tensão nesta quinta-feira (12) após um salto de parapente em São José do Seridó, no interior do Rio Grande do Norte. Por ser um local de difícil acesso, o resgate demorou cerca de oito horas.

Segundo o portal g1, o Corpo de Bombeiros teve que pedir auxílio da aeronáutica e um helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB) para resgatar o homem.

O parapentista, que não teve a identidade divulgada, iniciou o voo no período da manhã, por volta das 6h, e foi resgatado por volta das 14h.

Segundo os bombeiros, ele teria enfrentado uma ventania, que o tirou da rota inicial e o arremessou contra a fiação. O parapente teve as cordas enroladas nos fios, e o homem ficou pendurado a uma altura de cerca de 100 metros, conforme a corporação.

Segundo o g1, o Corpo de Bombeiros foi acionado, encontrou o homem, mas não conseguiu chegar até ele devido à altura. Por isso, solicitou um apoio aéreo e solicitou que a rede elétrica do trecho fosse desligada.

Ainda segundo o jornal, os socorristas precisaram se pendurar em uma corda, conectada ao helicóptero para chegar até o homem preso na fiação. Os bombeiros consideram o resgate de alta dificuldade.

O parapentista foi colocado em solo e socorrido em uma viatura do Corpo de Bombeiros que seguiu com destino ao município de Caicó após o resgate.

Segundo os bombeiros, ele foi levado para um hospital da cidade para atendimento, mas estava consciente e estável.

Avião com paraquedistas cai em São Paulo

Um avião de pequeno porte caiu em Boituva, no interior de São Paulo, na quarta-feira (11). Duas pessoas morreram e outras 14 ficaram feridas, segundo a prefeitura. A aeronave era usada para salto de paraquedistas e teve de fazer um pouso de emergência.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o caso ocorreu no início da tarde. As vítimas fatais são dois homens, que chegaram a ser levados para o hospital, mas não resistiram.

Ao todo, 16 pessoas estavam abordo, sendo 15 passageiros e o piloto. A aeronave decolou do Centro Nacional de Paraquedismo, e piloto teve de fazer um pouso forçado. Inicialmente, o avião bateu em um barranco e, em seguida, em um fio de alta tensão. A causa do acidente ainda é desconhecida, mas, segundo o portal g1, testemunhas relataram que houve uma pane elétrica na aeronave.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos