Homem filmado matando o sogro a tiros é preso em GO

Homem matou o sogro em farmácia de Goiânia - Foto: Reprodução/TV Anhanguera
Homem matou o sogro em farmácia de Goiânia - Foto: Reprodução/TV Anhanguera
  • Homem foi preso em Goiânia após matar o sogro a tiros na última segunda-feira (27)

  • Ele estava escondido em uma casa na capital goiana, ao lado de parentes

  • A polícia passou 60 horas buscando pelo rapaz, em 30 endereços diferentes

A Polícia Civil de Goiás prendeu na noite da última quarta-feira (29) o ex-servidor da Prefeitura de Goiânia Felipe Gabriel Jardim Gonçalves, responsável pela morte do sogro, João Rosário Leão.

De acordo com o G1, a corporação informou que Felipe estava em uma casa no Setor Riviera, na capital goiana, aparentemente escondido pela família, uma vez que havia parentes no local.

O criminoso foi levado ao Instituto de Criminalística do Instituto Médico Legal (IML) para passar por exames. Ele chegou à delegacia por volta das 20h10 e não quis falar com a imprensa.

Delegado responsável pelo caso, Rhaniel Almeida relatou que Felipe mostrou-se “indignado” com a prisão.

“No primeiro momento em que foi preso, (Felipe) só se mostrou indignado, vamos dizer, mas não questionamos nada sobre o crime”, declarou.

O suspeito passou a noite na Delegacia Estadual de Capturas e deve ser interrogado nesta quinta-feira (30). A prisão encerra uma busca que já durava cerca de 60 horas, percorrendo 30 endereços.

Entenda o crime

Felipe matou João do Rosário a tiros dentro da farmácia do sogro. Uma câmera de segurança no estabelecimento registrou o momento do assassinato.

Após o crime, o rapaz chegou a enviar uma mensagem à namorada, Kênia Yanka, avisando que havia matado o sogro e que a próxima seria ela.

Felipe e Kênia namoravam há um ano, mas o relacionamento era marcado por violência e ameaças. A jovem relatou que só não havia deixado o rapaz por medo.

"Minha mãe sentia. Ela falava: ‘Por favor, minha filha, larga esse homem’. Só que eu não conseguia porque tinha medo dele", contou.

No dia anterior ao crime, houve um briga e o rapaz atirou para cima, antes de apontar a arma para a namorada, motivo pelo qual o pai dela registrou boletim de ocorrência contra ele por ameaça.

Felipe tomou conhecimento do registro e, por isso, matou o sogro a tiros, de acordo com a Polícia Civil. Irmã de Yanka, Kênia Bianka estava no local e viu o pai sendo assassinado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos