Homem força namorada grávida a entrar no carro e atropela três amigas dela; assista

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
  • Homem agrediu a esposa, grávida de cinco meses, e atropelou três vizinhas

  • Uma das mulheres atropeladas teve fratura no fêmur e está internada

  • A grávida agredida garantiu que o suspeito, que está foragido, não costuma apresentar comportamento agressivo

Um homem agrediu a própria companheira, grávida de cinco meses, e atropelou três vizinhas após um ataque de raiva. O caso aconteceu na tarde da última sexta-feira em São Vicente, litoral de São Paulo, e foi divulgado pelo G1.

Os ataques do rapaz, que não teve a identidade revelada, foram filmados por testemunhas e por câmeras de segurança. As imagens mostram ele agredindo a mulher, com puxões de cabelo, e a forçando a entrar em um veículo branco.

Leia também

Três vizinhas que acompanhavam o ocorrido começam a gritar com o homem, tentando impedir que ele seguisse com a ação. Ele, então, manobra o veículo e acelera em direção às mulheres, acertando em cheio uma delas.

O homem, por fim, dá ré, destrói o portão do condomínio e foge do local. Segundo testemunhas, nem ele e nem a mulher foram vistos novamente na casa, que alugavam há três meses.

Câmera de segurança mostra momento em que vizinhas são atropeladas - Foto: Reprodução
Câmera de segurança mostra momento em que vizinhas são atropeladas - Foto: Reprodução

A vizinha vítima do atropelamento sofreu uma fratura no fêmur e precisou ser encaminhada pelo SAMU ao Hospital Municipal de São Vicente, onde permanece internada.

Agressor havia lido celular da mulher

A grávida agredida pelo rapaz prestou depoimento à Polícia Civil no último sábado e garantiu que o namorado “normalmente não apresenta comportamento violento”. Ela afirmou, ainda, que o episódio de sexta-feira foi a primeira briga que tiveram.

A mulher explicou que o ataque do homem aconteceu depois de ele ler no celular dela uma mensagem de um rapaz que havia arrumado um guarda-roupas do casal. Irritado, o namorado começou a xingá-la e exigiu que ela o levasse à casa do indivíduo.

Homem agrediu e forçou esposa a entrar em carro - Foto: Reprodução
Homem agrediu e forçou esposa a entrar em carro - Foto: Reprodução

O depoimento de uma vizinha ao UOL, no entanto, vai de encontro ao que disse a mulher agredida. Segundo ela, durante os três meses em que morou no condomínio o casal protagonizou brigas constantes. “A gente ouvia gritos dos dois quase todo dia”, disse.

Carro é encontrado danificado, mas homem segue foragido

Ainda segundo seu depoimento à polícia, a gestante conseguiu fugir do veículo em uma parada no trânsito de São Vicente. Ela pediu ajuda a pessoas que estavam na rua e conseguiu chegar à casa de uma amiga.

O responsável pelas agressões segue foragido, mas o veículo em que estava foi localizado em Santos com as laterais amassadas e o para-brisas destruído. O caso foi registrado como lesão corporal, injúria, ameaça, tentativa de homicídio, dano ao patrimônio e violência doméstica na Delegacia Sede de São Vicente.