Homem ganha US$3.000 por mês fazendo apresentações no metrô de Nova Iorque durante a pandemia

Um homem que perdeu o emprego durante a crise provocada pelo coronavírus está ganhando US$3.000 por mês (equivalentes a pouco mais de R$ 16 mil) usando anéis de plástico gigantes para criar ilusões hipnotizantes dentro do metrô de Nova Iorque. Danila Kharlamov, de 24 anos, conseguiu transformar suas ilusões cativantes em uma forma de se sustentar depois de perder o emprego durante a pandemia. “É como dançar e fazer malabarismos ao mesmo tempo”, disse Danila, que mora no distrito de Lodi, em Nova Jérsei. O artista, conhecido como 'Ring Jedi' nas redes sociais, trabalhava em uma empresa que vendia ingressos da Broadway com desconto, mas perdeu o emprego devido à crise econômica provocada pela pandemia de COVID-19. Agora, Danila se apresenta no metrô de Nova Iorque, geralmente nas linhas E e F, onde exibe seus truques e habilidades para os outros passageiros e ganha, em média, US$3.000 por mês.