Homem invade casa, é mordido por cão e pede para ser levado ao hospital pelos donos

Dono da casa realizou um boletim de ocorrência para registrar o caso (Foto: Getty Images)
Dono da casa realizou um boletim de ocorrência para registrar o caso (Foto: Getty Images)

Um criminoso foi atacado e mordido por um cachorro após invadir uma casa para realizar um assalto na Cerâmica Cil, Zona Sul de Teresina. Depois de ser mordido, o homem pediu aos donos do imóvel para ser levado ao hospital.

O caso aconteceu na última quinta-feira (8) e foi registrado pelo circuito interno de segurança da casa. O casal dormia no quarto ao lado da cozinha.

Nas imagens é possível perceber John, o cachorro da raça Husky Siberiano, mordendo a mão e a perna do indivíduo.

O proprietário da casa, que não quis ser identificado, contou que o suspeito entrou pela porta da frente e tentou sair pelos fundos quando foi surpreendido pelo animal.

É possível ver nas imagens que o dono da casa entra assustado na cozinha e se depara com o homem falando que o cachorro mordeu sua mão e pedindo para ser levado ao hospital, informou o portal g1.

“Tem um monte de gente querendo me matar aí, doido. Cachorro me mordeu, me leva pro hospital, doido. Tem um monte de gente atrás de mim e o cachorro me mordeu, me leva pro hospital. Tu é doido, doido. Olha, o cachorro me mordeu", falou o criminoso para o proprietário do imóvel.

O homem disse que ficou assustado com o assaltante.

"Eu nunca tinha visto ele, foi um susto muito grande pra gente", contou o dono da residência.

O criminoso consegue entrar novamente dentro de casa, o cachorro não alcança o homem, pois uma porta que liga a cozinha à sala estava fechada.

Segundo informações do dono da casa, após ser expulso do imóvel, o homem realizou um assalto em um comércio próximo. Mais cedo, no mesmo dia, o homem já tinha tentado invadir duas casas também no bairro.

Dono da casa realizou um boletim de ocorrência para registrar o caso.

“Ele foi hospitalizado depois que pegou uns tiros, mas eu não sei o que foi que aconteceu com ele depois disso”, finalizou o dono do imóvel.