Homem mata eleitor de Lula após invadir bar e perguntar quem apoia o petista

Polícia Civil disse que o caso está sendo investigado pela Delegacia Metropolitana de Cascavel. Eleitor de Lula foi morto a facadas após anunciar que apoiava o petista, em um bar no Ceará. (Foto: Buda Mendes/Getty Images)
Polícia Civil disse que o caso está sendo investigado pela Delegacia Metropolitana de Cascavel. Eleitor de Lula foi morto a facadas após anunciar que apoiava o petista, em um bar no Ceará. (Foto: Buda Mendes/Getty Images)
  • Homem invade bar, pergunta quem apoia Lula e mata eleitor do petista com facada;

  • Caso aconteceu em Cascavel, no Ceará;

  • Vítima foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

Após invadir um bar, um homem matou com uma facada uma pessoa que se declarou apoiadora do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O caso aconteceu no último sábado (24), em Cascavel, no Ceará.

Conforme apurado pelo portal O Povo, o criminoso chegou transtornado no local e gritou: “Quem é eleitor do Lula aqui?”. Em resposta, um cliente do estabelecimento disse: “Eu sou!”. O homem, então, desferiu uma facada nas costelas da vítima, que chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

Em nota, a Polícia Civil do Ceará disse que o caso está sendo investigado pela Delegacia Metropolitana de Cascavel e que está em diligências para prender o homem, que foi identificado.

Ele tem 59 anos e conta com passagens por lesão corporal dolosa. A vítima, cujo nome não foi divulgado, tinha 39 anos e não possuía antecedentes criminais.

"Com base nas informações colhidas no local do crime, a motivação estaria relacionada à discussão política. No dia, a vítima chegou a ser socorrida, mas morreu durante atendimento médico. As buscas pelo suspeito seguem", informa a nota ao O Povo.

A população também pode ajudar o trabalho da Polícia com informações adicionais pelos seguintes canais:

  • Delegacia Metropolitana de Cascavel: (85) 3334-3591.

  • Disque-Denúncia da SSPDS: 181

  • WhatsApp (via mensagem, áudio, vídeo ou foto): (85) 3101-0181

O sigilo e anonimato são garantidos.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente: