Homem morre afogado após mergulhar para pedir namorada em casamento

O pedido de casamento foi filmado pela namorada, Kenesha Antoine. (Foto: Arquivo Pessoal/Kenesha Antoine)

RESUMO DA NOTÍCIA

  • O casal estava hospedado em cabine submersa no leste da África

  • Namorada lamentou o acidente em postagem nas redes sociais

O americano Steven Weber morreu afogado na Tanzânia, após mergulhar para pedir a namorada em casamento. O casal estava hospedado em uma cabana submersa no Manta Resort, e Weber decidiu fazer o pedido segurando um bilhete contra o vidro da cabine.

SIGA O YAHOO NOTÍCIAS NO INSTAGRAM

SIGA O YAHOO NOTÍCIAS NO FLIPBOARD

A namorada, Kenesha Antoine, filmou o pedido. As imagens mostram o homem usando óculos de mergulho e nadadeiras, segurando um bilhete que dizia "Não consigo segurar o fôlego o suficiente para contar tudo o que amo em você. Mas... tudo o que amo em você, amo mais todos os dias!"

O homem segurou um bilhete contra o vidro da cabana submersa para pedir a namorada em casamento (Foto: Arquivo pessoal/Kenesha Antoine)

Depois, ele vira o papel para revelar o pedido, tira a caixa com o anel de noivado do bolso e sai nadando. Em um post no Facebook, Antoine confirmou a morte do namorado, dizendo que ele "não voltou mais das profundezas". Ela disse que a resposta teria sido “um milhão de vezes sim”:

"Não conseguimos nos abraçar e celebrar o início do resto de nossas vidas juntos, pois o melhor dia de nossas vidas se tornou o pior, na reviravolta mais cruel do destino que se possa imaginar. Tentarei me consolar com o fato de termos desfrutado de uma experiência incrível, e de que nós dois estávamos tão felizes e absolutamente emocionados nos nossos momentos finais juntos."

Matthew Saus, CEO do resort, disse à BBC que “todos estão profundamente abalados” com a morte de Weber. Ele contou que a equipe respondeu a um chamado de “problema na água”, mas que “absolutamente nada poderia ser feito” quando chegaram ao local.

Leia também

O Manta Resort fica a cerca de 250 metros da costa da ilha de Pemba. A cabine fica a cerca de 10 metros de profundidade, e a diária custa U$ 1.700 (cerca de R$ 7 mil).

O acidente aconteceu no terceiro dia da viagem do casal. Eles haviam reservado quatro noites no resort.

O Departamento de Estado dos EUA disse estar ciente da morte de um cidadão na Tanzânia, no leste da África.

"Oferecemos nossas sinceras condolências à família pela perda", disse um porta-voz. "Estamos prontos para fornecer toda a assistência consular apropriada."