Homem morre após comer ostras e ingerir bactéria que 'come carne'

Foto: Getty Images

Um norte-americano morreu após comer ostras e ingerir uma bactéria que “come carne” na cidade costeira de Wilmington, na Carolina do Norte. De acordo com a TV ABCNews, David Argay chegou a ser tratado em um hospital, mas não resistiu.

A bactéria que vitimou Argay geralmente é contraída quando se come ostras cruas. Outra forma de contato seria entrar no mar com feridas abertas, que podem servir de porta de entrada para a Vibrio vulnificus, como é chamada.

Leia também

A bactéria vive na água salgada e em temperaturas quentes. É frequentemente encontrada em pontos de junção entre rios e o oceano.

A Vibrio vulnificus é conhecida como “comedora de carne” por eventualmente necrosar a pele e levar o hospedeiro à morte em poucos dias. De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, a bactéria infecta 80 mil e mata 100 no país.

Dentro do organismo do ser humano, a bactéria causa diarreia, cólicas abdominais, náuseas, vômitos, calafrios e febre. Os sintomas podem surgir em um intervalo de 24 até 72 horas. Segundo a CDC, a bactéria afeta, geralmente, pessoas que estão com o sistema imunológico enfraquecido.

Outros frutos do mar possuem potencial para conter a bactéria, porém, como costumam ser cozidos antes de serem servidos, não oferecem riscos.