Homem morre e primas são atingidas por balas perdidas em São Gonçalo

Marcos Nunes
·1 minuto de leitura

Uma pessoa morreu e outras três foram baleadas, nesta sexta-feira, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. No Bairro Monjolos, um homem não identificado levou um tiro no peito. Ele chegou a ser socorrido, no Hospital estadual Alberto Torres, mas não resistiu e morreu. Já na Comunidade Vila Candoza, onde policiais militares foram chamados para interferir em um confronto envolvendo bandidos rivais, uma menina de 12 anos, a prima dela de 22, e um adolescente, de 16, foram baleados.

Socorridos por parentes, eles também foram levados para o Hospital Estadual Alberto Torres. Dois feridos já tiveram alta, entre eles a menor. Ainda não há informações sobre o terceiro ferido. A Polícia Militar divulgou nota sobre o caso.

" Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que, nesta sexta-feira (19/03), policiais militares do 7ºBPM (São Gonçalo) estão atuando na comunidade da Alma e na Vila Candoza, no município de São Gonçalo. A ação foi desencadeada para coibir confrontos envolvendo grupos criminosos e a movimentação destes pela região. Equipes policiais no local foram atacadas por disparos de arma de fogo e reagiram. Uma outra equipe policial do 7ºBPM foi deslocada para verificar a entrada de feridos no Hospital Estadual Alberto Torres. No local, os policiais constataram que duas pessoas feridas deram entrada na unidade de saúde e receberam atendimento médico, sendo liberadas."