Homem perde R$ 2,6 mil em golpe no WhatsApp após trocar imagens íntimas

Louise Queiroga
·1 minuto de leitura

A Polícia Militar do Paraná emitiu um alerta através da página do 3º BPM em Pato Branco sobre uma ocorrência inusitada registrada na últirma sexta-feira, dia 19, no município de Honório Serpa.

A corporação informou que um homem de 28 anos relatou a policiais militares ter sido vítima de um golpe, perdendo a quantia de R$ 2,6 mil, após trocar fotos íntimas por meio do WhatsApp. Ele acreditava que estivesse conversando com uma mulher. Segundo o rapaz, pouco depois alguém entrou em contato se identificando como inspetor do Rio Grande do Sul e afirmando que teria um mandado de prisão contra ele por ter se envolvido com uma adolescente. Se ele não quisesse ir para a cadeia, deveria pagar fiança no valor de R$ 3,5 mil.

De acordo com a Polícia Militar paranaense, a vítima então realizou dois pagamentos para o golpista, mas não foram concretizados, pois houve estorno. O homem disse ter tentado fazer uma terceira transferência, desta vez por R$ 2,6 mil, que acabou dando certo. No entanto, apenas depois ele percebeu ter sido alvo de um golpe.

No comunicado, a PM alertou a população para não realizar transações financeiras "sem antes verificar a veracidade dos fatos, pois golpistas podem estar utilizando-se de artimanhas para extorquir dinheiro das vítimas".