Homem é preso em flagrante após discriminar influenciador gay

·1 minuto de leitura
O influenciador Diego Pupe. Foto: Reprodução
O influenciador Diego Pupe. Foto: Reprodução
  • Caso ocorreu em Brasília no fim de semana

  • Agressor chamou a vítima de “viadinho”

  • Ele foi solto após pagamento de fiança

Um homem foi preso em flagrante em Brasília, DF, após cometer atos de homofobia contra o influenciador digital Diego Pereira de Sousa, de 19 anos, que nas redes sociais é conhecido como Diego Pupe. O caso foi registrado na 5ª DP e o agressor, Ruy Rafael de Sousa Mattos, foi preso em flagrante.

O caso aconteceu quando Diego chegava no prédio onde mora, no Lago Paranoá, junto com uma amiga. Ruy estava na recepção e se ofereceu para auxiliar a mulher, que estava embriagada. Eles recusaram a ajuda.

Durante a breve conversa, o agressor percebeu que Diego é homossexual e começou a xingá-lo de “viadinho”. “Nunca nem vi esse cara na minha vida. Ele simplesmente disse que não gostava de viado e foi para cima de mim”, contou o influenciador.

Leia também:

Depois de uma discutirem, Diego decidiu chamar a polícia. Enquanto isso, Ruy tentou pedir ao menos três vezes um carro em um aplicativo de viagens. Todas as vezes que um motorista chegava, ele era alertado pelo influenciador do que estava ocorrendo.

“Eu explicava na portaria que ele estava tentando fugir de um crime e isso poderia dar consequências para o próprio motorista. Dessa forma, eles cancelavam”, relata.

Mais de uma hora depois, três viaturas chegaram ao local e conduziram ambos para a 5ª DP. Lá, Ruy foi preso em flagrante e liberado após o pagamento de fiança no valor de R$ 1 mil.

A vítima, no entanto, afirma que irá seguir com o processo. “Não vou deixar isso barato. Não que eu precise, mas para que ele não faça mais isso com ninguém”, declarou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos