Homem preso por estupro e morte de menina de 5 anos, no RS, é transferido após receber ameaças na cadeia

·1 minuto de leitura

RIO — O suspeito preso por violentar e matar Agatha Rodrigues dos Santos, de 5 anos,encontrada num rio em Lajeado, no Rio Grande do Sul, no último sábado, foi transferido de presídio nesta quarta-feira apos receber ameaças de outros detentos. Ele, que não teve no nome revelado, estava no Presídio estadual de Lajeado. A informação é do delegado Humberto Messa Roehrig, que está à frente da investigação:

— Ele foi removido para outra penitenciária para preservar sua integridade física.

Segundo ele, o homem não falou sobre o crime. O delegado descartou, num primeiro momento, um novo depoimento do suspeito. Segundo Roehrig, a mãe de Agatha será novamente chamada para depor.

— Vamos chamá-la novamente para apurar uma eventual responsabilidade da mãe, já que foi ela que deixou a menina sair com ele — disse.

O delegado informou ainda que pretende ouvir mais testemunhas e coletar imagens de câmeras de segurança.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos