Homem que esfaqueou ex na frente dos filhos em BH não se arrependeu, diz polícia

Homem esfaqueou ex no meio da rua - Foto: Reprodução/Câmera de Segurança
Homem esfaqueou ex no meio da rua - Foto: Reprodução/Câmera de Segurança
  • Homem esfaqueou ex-mulher na frente dos filhos dela em via de Belo Horizonte

  • O rapaz foi preso momentos mais tarde e não demonstrou arrependimento

  • A mulher foi internada e, apesar dos golpes, não corre risco de morte

Responsável por esfaquear a ex-esposa no meio da rua e em frente aos filhos dela em Belo Horizonte, na última segunda-feira (23), Bruno da Costa Val Fonseca, de 34 anos, não se arrependeu do crime.

Ele foi preso ainda pela manhã na casa de uma tia na Zona Leste da capital mineira, após escapar em um carro de luxo do local onde atacou a vítima.

Em entrevista coletiva, a delegada responsável pelo caso, Pollyane Aguiar, explicou que o criminoso preferiu não prestar depoimento e ficou calado durante o procedimento.

Em conversa informal com a própria delegada anteriormente, porém, ele confessou o crime e mostrou não estar arrependido.

O engenheiro afirmou a Pollyane que possui transtorno de bipolaridade e é usuário de drogas. Ele garantiu ter laudos que comprovam o diagnóstico, mas não os apresentou à polícia.

Bruno disse, ainda, que agiu após uma suposta traição da ex-esposa.

Vítima não corre risco de morte

Após ser golpeada repetidas vezes pelo ex-companheiro, a vítima foi levada ao Hospital João XXIII. Segundo o jornal Estado de Minas, uma pessoa próxima informou que ela não corre risco de morte.

A mulher levou mais de dez facadas durante o ataque, mas a maioria delas causou ferimentos superficiais. A vítima continua internada, em observação.

Entenda o caso

A mulher de 40 anos foi atacada no bairro Gutierrez. Imagens de uma câmera de segurança mostram ela tentando fugir do criminoso e sendo golpeada no meio da rua. Duas crianças, filhas dela, e uma senhora, babá dos garotos, intervêm, seguram o criminoso e conseguem libertá-la.

Outras pessoas se aproximam e o agressor escapa correndo. A mulher tenta deixar o local, mas cai metros adiante com as mãos na região lombar, enquanto é amparada por testemunhas.

Os filhos da mulher, de 7 e 10 anos, foram entregues ao pai e estão em estado de choque após presenciar o ocorrido.

Histórico de violência e prisão

Bruno relacionou-se com a vítima por três anos. Eles chegaram a morar juntos, mas ela interrompeu o casamento no ano passado após ser agredida por ele. Na época, a mulher registrou oito boletins de ocorrência contra o criminoso.

O ex-marido invadiu a casa da vítima no último domingo e quebrou a televisão dela. Segundo o R7, a mulher teria se refugiado na casa da babá para escapar do rapaz.

Nesta segunda, ela retornou à residência, acompanhada da babá e dos filhos, para coletar alguns pertences. Quando deixavam o local em um carro de aplicativo, a vítima foi surpreendida pelo ex-marido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos