Homem que foi amarrado a cadeira de avião após apalpar comissários é condenado

Homem foi amarrado a cadeira - Foto: Reprodução/YouTube
Homem foi amarrado a cadeira - Foto: Reprodução/YouTube
  • Homem foi amarrado a cadeira de avião após apalpar dois comissários e agredir um terceiro

  • O rapaz havia ingerido bebidas alcoólicas e parecia incontrolável durante a viagem

  • Ele assumiu a culpa pelo ato e foi condenado a dois meses de prisão, além de pagamento de multa

Um homem de 23 anos foi condenado a dois meses de detenção após apalpar e agredir comissários de bordo em um avião nos Estados Unidos. O episódio havia acontecido em julho do ano passado.

Identificado como Maxwell Berry, o rapaz foi flagrado, em imagens que viralizaram nas redes sociais, amarrado a uma cadeira do voo com fita adesiva.

A medida foi tomada pelos tripulantes do avião depois de o jovem desrespeitar alguns dos funcionários do voo. O rapaz apalpou dois deles, além de agredir um terceiro durante a viagem de Filadélfia para Miami.

Tudo começou quando o acusado ingeriu bebidas alcoólicas e encostou o copo vazio nas costas de uma aeromoça. Pouco depois, o rapaz derrubou o drinque na própria camiseta, andou pela cabine e apalpou e agrediu funcionários que tentavam ajudá-lo.

Acusado admite culpa

Segundo o jornal ABC News, Maxwell confessou as acusações de agressão durante seu julgamento. Desta forma, foi condenado a 60 dias de prisão, além de um ano de liberdade condicional, e recebeu multa de US$ 15 mil (R$ 73,7 mil).

Advogado de defesa do acusado, Jason Kreiss afirmou que seu cliente é "um bom homem que cometeu um ato ruim, que não foi planejado".

Durante o julgamento, Maxwell desculpou-se e assumiu total responsabilidade pelo episódio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos