Homem que invadiu Congresso com blusa do campo nazista de Auschwitz é preso

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A polícia do estado da Virgínia informou que o homem que invadiu o Congresso dos Estados Unidos na semana passada usando uma blusa com os dizeres "Campo de Auschwitz" foi preso nesta quarta-feira (13). De acordo com a CNN americana, ele foi identificado como Robert Keith Packer. A imagem de Packer com a referência ao campo de concentração onde mais de um milhão de pessoas foram executadas durante o Holocausto viralizou nas redes sociais e aumentou a indignação contra o grupo de extremistas, insuflados pelo presidente Donald Trump, que vandalizaram o Capitólio. A blusa de Packer trazia ainda os dizeres "o trabalho liberta", outra referência nazista —a frase era exibida nos portões dos campos de concentração. Outro homem detido em Washington após a invasão do Congresso tinha planos de atirar na líder da Câmara, Nancy Pelosi, e na prefeita da capital americana, Muriel Bowser, ambas do Partido Democrata, de acordo com promotores do Distrito de Columbia. Cleveland Meredith Jr. deve comparecer a uma audiência nesta quarta. Ele é acusado de levar armas e centenas de cartuchos de munição a Washington na semana passada e de articular um "tempo de guerra" contra os congressistas durante a cerimônia de certificação a vitória de Joe Biden.