Homem reclama de adolescentes atirando gelo em rua na Argentina e é morto a facadas

Um homem de 30 anos foi morto a facadas por um grupo de quatro jovens, sendo três adolescentes, num ponto de ônibus em Mar del Plata, na Argentina, na madrugada de domingo após comemorar o próprio aniversário. Martín Mora Negretti estava acompanhado pela namorada, um amigo e a namorada do amigo. Segundo a imprensa local, ele morava em Buenos Aires e viajou a sua cidade natal no fim de semana para celebrar a data especial com sua família, assim como o dia dos pais.

Veja fotos: Forma espiral azulada e brilhosa no céu da Nova Zelândia impressiona internautas

Nos EUA: Tiroteio em festival mata adolescente de 15 anos e deixa três feridos

Não confunda @gustavopetro com @petrogustavo: Menções nas redes explodem no perfil do brasileiro homônimo de Gustavo Petro, eleito presidente da Colômbia

Enquanto aguardava o ônibus, o grupo de Martín começou a ser atingido por cubos de gelo arremessados por adolescentes no sétimo andar de um prédio, informou o portal TN. Irritados, ele e o amigo xingaram quem fazia aquilo, mas a reação dos jovens foi mais extrema. Com facas nas mãos, eles desceram e golpearam Martín, atingido seis vezes nas costas, e o amigo, que sofreu um corte superficial e já recebeu alta. Martín chegou a ser levado para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Em seguida, os agressores voltaram para o apartamento, onde foram depois encontrados pela polícia. Única suspeita maior de idade envolvida no crime, Marílyn Brisa Vera González, de 23 anos, também teria roubado o celular de uma das jovens que acompanhavam as vítimas. Os outros suspeitos foram identificados como dois adolescentes de 13 anos e um de 15 anos.

Marílyn optou por manter-se em silêncio perante as autoridades, e os adolescentes negaram o crime.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos