Homem rompe a garganta após segurar espirro

Reprodução/BMJ Case Reports

Um paciente de 34 anos no Reino Unido foi diagnosticado com um rompimento na garganta após segurar um espirro, o que o deixou quase sem fala e com dificuldades para engolir temporariamente.

O caso, que surpreendeu até os médicos, foi publicado no “British Journal Case Reports”.  Segundo o relato no periódico, o homem colocou uma mão na boca e apertou o nariz com a outra na tentativa de conter o espirro. A consequência? Ele acabou por fraturar gravemente a garganta.

Tal ruptura só é vista em traumas e acidentes. Às vezes, ela é reportada em casos de vômitos e tosses intensas, mas dificilmente após um único espirro.

O homem precisou ser internado e alimentado por tubos. Ele recebeu antibióticos e foi liberado uma semana depois.