Homem é preso com mais de mil peças íntimas roubadas de varais em MG

Polícia encontrou 1000 calcinhas e 45 sutiãs com o homem (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Durante a abordagem, o homem estava usando uma das peças íntimas

  • Ele roubava calcinhas e sutiãs de locais como cercas, varais e lojas

Um homem de 41 anos foi preso em Turmalina, no interior de Minas Gerais, com 1.045 calcinhas e sutiãs que havia roubado. Ao chegarem na casa dele, os policiais perceberam que ele vestia uma das roupas íntimas.

Questionado pela PM, o homem não deu detalhes sobre como furtava as peças. Só disse que as pegava de vários locais, como cercas, varais e até mesmo lojas. A corporação informa que as mil calcinhas e os 45 sutiãs estavam escondidos pelo quarto dele: embaixo da cama, dentro do colchão e no armário.

Leia também

Em 2015, o mesmo homem já foi preso por esse mesmo crime: na época, sua coleção era composta por 301 calcinhas e sutiãs roubados. Ele foi detido em Capelinha, cidade vizinha a Turmalina.

“A Polícia Militar foi até a residência dele, no Bairro São João Batista, para darmos cumprimento a um mandado de prisão por furto. Durante as buscas, encontramos as peças íntimas”, conta ao G1 o tenente André Dale.

No quarto do homem, foram encontradas peças novas e usadas. Pela quantidade, imagina-se que boa parte das 8.880 mulheres que vivem no município já foi vítima do crime. O tenente explica que a PM já recebeu muitas denúncias sobre o assunto, mas muitas vítimas deixam de prestar queixa por medo, receio ou vergonha.