Homem tenta se esconder de atiradores dentro de igreja e acaba morto no Paraná

Homem foi perseguido e morto na frente de 20 menores (Foto: Getty Images)
Homem foi perseguido e morto na frente de 20 menores (Foto: Getty Images)

Um homem que tentava se esconder de atiradores foi morto dentro da Igreja Evangélica Visão Missionária na região da Planta Vila Nova, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, na noite de terça-feira (4). O jovem foi assassinado na frente de um grupo de crianças.

Luciano de Freitas Paula, 28 anos, que fugia de dois atiradores, entrou dentro do local, onde a mãe estava, no momento em que um culto era realizado. A vítima tentou se esconder, mas os indivíduos atiraram várias vezes, acertaram o púlpito, balearam dois fiéis e mataram o jovem.

Uma mulher foi baleada na perna e um homem no braço. Ambos foram encaminhados a hospitais da região.

“Foram ouvidos cerca de 15 disparos”, informou o tenente Meira, da Polícia Militar do Paraná (PMPR).

Segundo informações do portal Metrópoles, cerca de 60 pessoas acompanhavam o culto, quando o pastor foi interrompido por gritos e tiros.

O jovem foi perseguido e baleado em uma sala para crianças. De acordo com o pastor Pedro Tavares, cerca de 20 menores presenciaram o assassinato.

Câmeras de segurança registraram a ação e a polícia pede ajuda nas investigações.

“Temos imagens deles, está muito cedo ainda para as diligências investigativas, mas já temos as imagens deles. Esperamos nas próximas horas qualificá-los e identificá-los para dar autoria deste crime”, declarou o superintendente da Polícia Civil, Sérgio Klaar.

Os autores do crime, de acordo com a polícia, fugiram a pé e ainda não foram sido presos.

O homem assassinado possui passagem pelo sistema policial, de acordo com a investigação. Ele já tinha sido preso com drogas e arma, em Piraquara.