"Me sinto envergonhado", diz homem após ser vítima de golpe em aplicativo de relacionamento

·1 min de leitura
Foto: Getty Creative
Foto: Getty Images

"Dá um pouco de vergonha (...). Assim, um pouco otário, né? De cair nessa história. A gente se sente um pouco envergonhado pelo que aconteceu."

Esse é o relato de um homem, cuja identidade foi preservada, que caiu em golpe que tem se tornado muito comum entre os homens, que é o sequestro relâmpago, onde as vítimas são atraídas a um ponto de encontro marcado através de aplicativo de namoro na internet, e ao chegar no local esperado, acontece o crime.

O caso foi divulgado neste domingo pelo Fantástico.

O crime acontece com os criminosos criando perfis falsos em aplicativos de namoro, com fotos de mulheres aleatórias que não fazem ideia de que sua imagem está sendo associada a esse tipo de crime. Os sequestradores usam de táticas de conversas para descobrirem quanto a vítima ganha, se tem carros de luxo e aplicações financeiras.

Após atraírem os homens interessados nas 'mulheres', encontros são marcados, mas, na hora de aparecer no ponto de encontro, são sequestradores que aparecem no local.

O homem do início do relato foi sequestrado há duas semanas e afirmou ao Fantástico que não pretende voltar a usar aplicativos de namoro.

O aplicativo de relacionamentos que foi utilizado pelos sequestradores, recomenda que os usuários tenham algumas medidas de segurança para não cair em golpes como esses.

Uma das recomendações é conhecer a outra pessoa antes de marcar encontro; preferencialmente que os primeiros encontros sejam em locais públicos, de grande movimento e contar para terceiros sobre o encontro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos