Homenagem inter-religiosa a Desmond Tutu na África do Sul

·1 min de leitura
Líderes religiosos Khoi-San oram durante o serviço religioso inter-religioso em memória do ícone anti-apartheid sul-africano, o arcebispo Desmond Tutu, na Cidade do Cabo em 29 de dezembro de 2021 (AFP/RODGER BOSCH) (RODGER BOSCH)

Cristãos, budistas, judeus, muçulmanos e membros de religiões tradicionais africanas participaram nesta quarta-feira (29) de uma homenagem na Cidade do Cabo ao arcebispo anglicano Desmond Tutu, que morreu no domingo.

Vários membros da família do arcebispo Tutu, falecido aos 90 anos, além de políticos e entusiastas se vestiram na cor púrpura (em referência ao manto do arcebispo).

Durante a cerimônia, foi apresentada a música "Paradise Road", que se tornou um dos hinos da luta contra o apartheid nos anos 1980.

Membros do povo Khoisan, originários do extremo sul do continente africano, vestidos com peles e segurando uma caveira de animal, também prestaram homenagem ao crítico incansável ao regime racista.

"Tata [apelido de Desmond Tutu], nós assumiremos", disse um representante do ANC, o partido governante histórico do qual o prelado sempre desconfiou e com o qual ele teve relações ruins.

O funeral de Desmond Tutu acontecerá no sábado na Catedral de São Jorge na Cidade do Cabo.

O público poderá visitar seus restos mortais a partir de quinta-feira.

Apenas cerca de 100 pessoas poderão assistir à cerimônia devido à covid-19.

kb/cld/sag/pc/jc/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos