Homenagem a policiais e crianças mortos pela violência no Rio é destruída

·1 min de leitura

A homenagem da ONG Rio de Paz a policiais e crianças mortos pela violência no Rio, localizada na Lagoa, Zona Sul da cidade, foi destruída neste domingo, dia 16. A instalação com os nomes das vítimas é mantida no local desde 2015, acomapanhada por uma faixa com o clamor: "Prefeito, lembre-se da favela".

"Estamos testemunhando um ato de vandalismo. Essa instalação representa a constante lembrança de que crianças pobres e policiais estão morrendo no Rio de Janeiro. Um monumento à paz, à santidade da vida humana e combate à violência — numa das cidades mais sanguinárias do mundo — foi injustificavelmente destruído. Repudiamos esse crime contra a luta por uma cultura de defesa dos direitos humanos e assumimos o compromisso de ainda essa semana refazer todas as placas", disse Antonio Carlos Costa, presidente da ONG.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos