Homens armados matam fiéis em igreja na Nigéria

Um grupo de homens armados atacou neste domingo (5) uma igreja católica na região de Ondo, sudoeste da Nigéria, e matou uma grande quantidade de fiéis, informaram o governo e a polícia.

O ataque aconteceu durante a missa matinal na igreja católica de São Francisco na localidade de Owo, situada no sudoeste do país, uma região onde os atentados jihadistas e de grupos criminosos não são comuns.

"Ainda é cedo para dizer quantas pessoas morreram. Mas muitos fiéis perderam suas vidas e outros ficaram feridos", disse à AFP Ibukun Odunlami, porta-voz da polícia na região de Ondo.

Abayomi, testemunha do ataque, afirmou que pelo menos 20 pessoas foram mortas. "Eu passava pelo bairro, quando ouvi uma explosão e tiros dentro da igreja", contou.

Por ora, não se sabe quem foram os responsáveis nem a motivação do ataque, descrito pelo presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, como "um assassinato odioso de fiéis".

O Papa lamentou a "morte de dezenas de fiéis" e disse que rezava pelos mesmos.

Há 12 anos, a Nigéria enfrenta uma insurreição jihadista no nordeste do país, enquanto grupos criminosos cometem sequestros envolvendo grandes quantidades de pessoas no noroeste e grupos separatistas operam no sudeste.

joa/pma/cl/eb/mb/rpr/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos