Homens armados matam oito e sequestram 38 em ataques contra igrejas na Nigéria

KANO, Nigéria (Reuters) - Homens armados mataram oito pessoas e sequestraram outras 38 em um ataque contra duas igrejas no Estado de Kaduna, no norte da Nigéria, no último domingo, afirmou uma autoridade da Associação Cristã da Nigéria (CAN, na sigla em inglês) nesta segunda-feira, semanas depois de um ataque letal similar no sudoeste do país.

O ataque aconteceu durante o culto matinal de uma igreja Católica e Batista no domingo, disse o reverendo Danlami Gajere, presidente da Associação para Kasuwan Magani no Estado de Kaduna, à Reuters pelo telefone.

O porta-voz da polícia estadual e o comissário de Kaduna para segurança interna não responderam em um primeiro momento ao pedido por comentários.

Duas semanas atrás, homens armados com rifles AK-47 e explosivos atacaram a Igreja Católica St. Francis na cidade de Owo, matando 40 pessoas. O governo suspeita do grupo rebelde Estado Islâmico da Província da África Ocidental (ISWAP). Mas o ISWAP não reivindicou responsabilidade pelo ataque.

Gangues armadas são abundantes no noroeste da Nigéria, onde roubam e sequestram pedindo resgates, e a violência tem aumentado, com forças de segurança sobrecarregadas muitas vezes não conseguindo impedir os ataques.

(Reportagem de Hamza Ibrahim)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos