Homens esfaqueados durante réveillon em Copacabana já tiveram alta, diz secretaria

·2 min de leitura

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio (SMS-Rio) informou, na manhã deste sábado, que os dois esfaqueados levados para os hospitais municipais Souza Aguiar e Miguel Couto, no Centro e na Gávea, respectivamente, receberam os cuidados indicados e já tiveram alta. No total, quatro pessoas que estavam em Copacabana na noite de réveillon foram esfaqueadas, segundo a prefeitura do Rio. Os dois pacientes chegaram aos postos de atendimento por volta da meia-noite. Os outros dois tiveram ferimentos leves e foram liberados.

Uma das vítimas foi um jovem ferido após reagir ao defender sua mãe, que havia sido roubada. Com corte leves, ele recusou atendimento. Outra vítima foi uma colombiana que foi esfaqueada no rosto após criminosos a roubarem. A mulher foi alvo de bandidos que faziam um arrastão na praia. O secretário municipal de Ordem Pública, Brenno Carnevale, relatou que um dos feridos se envolveu em uma briga.

— Eu não tenho detalhes das ocorrências das facadas. Mas uma das vítimas foi atingida em uma briga perto da hora da virada. Entre ontem e hoje fizemos mais de 20 conduções à delegacia. Prendemos um suspeito que usava uma faca para assaltar um casal. Infelizmente, ocorreram esses episódios. Lamentamos as pessoas esfaqueadas. Mesmo com a limitação, o saldo foi positivo — disse Brenno, à noite.

O secretário afirmou que “dentro do cenário encontrado, o saldo foi positivo” é o réveillon foi como “um domingo de sol no Arpoador”.

— Fizemos muitas abordagens, muitos adolescentes sozinhos vieram roubar. Mas, dentro do cenário, eu diria que vivemos como se fosse um domingo de sol no arpoador. Acredito que coibimos muitos crimes.

O balanço da secretaria informa que, nos três postos médicos, das 17h30 do dia 31 às 3h30 do dia 1° de janeiro, foram atendidas 111 pessoas. A maioria delas sofreu pequenos traumas (pancadas, cortes, etc) ou passou mal devido à excessiva ingestão de bebidas alcoólicas. Onze pacientes com quadros mais graves precisaram ser transferidos para hospitais ou UPAs da rede, entre eles os homens esfaqueados

Polícia prende pelo menos três pessoas em Copacabana

Pelo menos três pessoas foram presas durante a noite de réveillon em Copacabana. Dois homens foram detidos em flagrante após um arrastão que começou durante a queima de fogos na altura do posto 4 da orla. Na ocorrência, uma pistola e sete celulares foram apreendidos por policiais militares. O caso foi registrado na 14ª DP (Leblon).

Na mesma delegacia, PMs levaram um homem preso em flagrante por agressão e suspeita de roubo. O preso teria pegado a mochila de uma pessoa que estava passando mal no calçadão. Um homem viu, interferiu e foi agredido com um soco. A vítima de agressão esteve na delegacia e foi encaminhada para fazer exame de corpo de delito.

Na 12ª DP (Copacabana), agentes da Polícia Civil não responderam sobre o número de flagrantes e registros feitos durante a noite.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos