13 Homens famosos brasileiros que posaram nus

·10 minuto de leitura

Nos anos 2000, uma revista voltada para o público feminino e LGBTQ+ chamou a atenção por trazer homens famosos posando nus: a G Magazine. Com edições mensais, a revista foi um sucesso entre quem apreciava e também curiosos que queriam ver os “dotes” dos famosos.

A revista G Magazine sempre trazia famosos que estavam em destaque na mídia. Muitos aceitavam por questões financeiras, já que era uma “bolada” para mostrar os atributos. Apesar de explorar bem a nudez masculina, o perfil editorial da revista era de trazer assuntos tabus que eram do interesse do público LGBTQ+.

Leia Também:

A princípio, a revista explorava pouco a nudez masculina por ser um assunto bastante delicado não só no Brasil, como no mundo inteiro. No entanto, os leitores e leitoras começaram a manifestar através de cartas o desejo de ver muito mais do que estava sendo mostrado. Respeitando os leitores, a G Magazine convidou homens famosos que toparam o desafio de mostrar seus dotes sem pudor.

Sucesso de vendas, a revista chegava a desembolsar mais de R$ 80 mil para os famosos que se exibiam na capa como uma forma de remuneração, o que para muitos era uma quantia bastante expressiva. Mas afinal, quem são esses homens que já posaram nus

A seguir, separamos uma lista com os nomes mais memoráveis para você relembrar ou conhecer. Confira!

  • Alexandre Frota: ator, empresário e político;

  • Latino: cantor, compositor e produtos;

  • Tony Salles: cantor, compositor e marido de Scheila Carvalho;

  • Kleber Bambam: ex-BBB.e fisiculturista;

  • Mateus Carrieri: ator, dublador e ex-participante do reality show "A Fazenda";

  • Theo Becker: ator, cantor, modelo e ex-participante do reality show "A Fazenda";

  • Vampeta: dirigente esportivo, treinador e jogador de futebol;

  • Túlio Maravilha: ex-jogador de futebol profissional e político;

  • Rodrigo Phavanello: ator e cantor;

  • Roger Moreira: músico e compositor;

  • Victor Wagner: ator e modelo;

  • Robson Caetano: ex-corredor;

  • Dinei: ex-jogador de futebol profissional.

Alexandre Frota

Alexandre Frota, atual deputado federal, posou nu em quatro edições da G Magazine (Foto: Reprodução/G Magazine)
Alexandre Frota, atual deputado federal, posou nu em quatro edições da G Magazine (Foto: Reprodução/G Magazine)

 

Chocando um total de zero pessoas, Alexandre Frota abre a nossa lista tendo marcado aparição em pelo menos quatro capas da G Magazine. O atual deputado federal era ator pornô e, uma das últimas capas que participou, em 2004, era toda “sexy e misteriosa”, com o artista junto de mais quatro homens mascarados em um bar de São Paulo.

Em 2010, Frota ganhou uma edição especial relembrando todas as suas aparições na revista e fotos que nunca antes tinham sido divulgadas.

Latino

Latino posou na 34ª edição da G Magazine, em 2000 (Foto: Reprodução/G Magazine)
Latino posou na 34ª edição da G Magazine, em 2000 (Foto: Reprodução/G Magazine)

O cantor Latino fez a “festa no apê” de muita gente! O famoso já esteve envolvido em uma série de babados fortes como quando manifestou que era viciado em sexo e chegava a transar 10 vezes por dia (haja fôlego).

Para o artista, posar na G Magazine abriu muitas portas, especialmente o apreço do público gay, o qual ele descobriu ter um fã clube bastante expressivo. Latino marcou presença em 2000, na 34ª edição, e não escondeu nada.

Tony Salles

Tony Salles, do É o Tchan!, fez um dos mais sensuais ensaios da G Magazine (Foto: Reprodução/G Magazine)
Tony Salles, do É o Tchan!, fez um dos mais sensuais ensaios da G Magazine (Foto: Reprodução/G Magazine)

Tony Salles, na época do É o Tchan!, mostrou seus atributos na edição de 2009. O rapaz era o crush de muita gente e marcou uma capa inesquecível para o público. Foram mais de 10 fotos do artista totalmente nu sem esconder nada em uma praia paradisíaca.

Kleber Bambam

Primeiro ganhador do BBB, Kleber Bambam posou nu na G Magazine (Foto: Reprodução/G Magazine)
Primeiro ganhador do BBB, Kleber Bambam posou nu na G Magazine (Foto: Reprodução/G Magazine)

O primeiro campeão do Big Brother Brasil (BBB 1) e fisiculturista Kleber Bambam também mostrou seus dotes na G Magazine. O boy aproveitou a fama e o fato de ser um dos homens mais cobiçados do ano para tirar mais uma graninha além do prêmio milionário posando nu na revista de maior circulação entre o público gay.

Mateus Carrieri

Mateus Carrieri, ator de Chiquititas (1997), e seu filho posaram nus na G Magazine em 2004 (Foto: Reprodução/G Magazine)
Mateus Carrieri, ator de Chiquititas (1997), e seu filho posaram nus na G Magazine em 2004 (Foto: Reprodução/G Magazine)

O ator de “Chiquititas” (1997 - 2001) e “Uma Escolinha do Professor Raimundo” (2008 - 2010) Mateus Carrieri posou nu em várias edições da G Magazine. O galã foi um fenômeno dos anos 90 e um verdadeiro protagonista dos “sonhos molhados” de muita gente. Posteriormente, ele também fez filmes pornôs.

Capa polêmica ao lado do filho Kaíke

Carrieri foi o primeiro artista a posar totalmente despido, mostrando tudo o que os fãs queriam ver. Uma das capas mais polêmicas que o artista participou foi em 2004 junto do seu filho Kaíke Carrieri que hoje é personal trainer.

Theo Becker

Théo Becker, ex-paquito da Xuxa, posou nu em 2001 na G Magazine (Foto: Reprodução/G Magazine)
Théo Becker, ex-paquito da Xuxa, posou nu em 2001 na G Magazine (Foto: Reprodução/G Magazine)

O ex-paquito do programa da Xuxa mostrou que sabe fazer muito mais do que só a alegria dos baixinhos. Theo Becker estampou a capa da G Magazine com o título “O melhor do Planeta da Xuxa” em 2001.

Depois disso, ele seguiu carreira em novelas da Record como “Celebridades” (2003 - 2004), “Caminhos do Coração” (2007 - 2008) e “Os Mutantes” (2008 - 2009), mas se destacou em sua última aparição com brigas e polêmicas no reality “A Fazenda”.

Vampeta

Vampeta, ex-jogador do Corinthians, posou nu em 1999 (Foto: Reprodução/G Magazine)
Vampeta, ex-jogador do Corinthians, posou nu em 1999 (Foto: Reprodução/G Magazine)

O ex-jogador do Corinthians foi um grande ídolo entre os torcedores e gerou uma polêmica enorme quando decidiu posar para a G Magazine em 1999. O atleta revelou em 2009, em uma entrevista para a Jovem Pan, que aceitou posar nu por causa do dinheiro. Na época, ele conseguiu R$ 80 mil.

As vendas foram um sucesso e chegaram a bater mais de 130 mil exemplares. Na época, não era comum que um atleta posasse nu, e Vampeta marcou a virada do século posando aos 24 anos.

Túlio Maravilha

Túlio Maravilha posou nu em 2003 na G Magazine (Foto: Reprodução/G Magazine)
Túlio Maravilha posou nu em 2003 na G Magazine (Foto: Reprodução/G Magazine)

O ex-atleta Túlio Maravilha posou em 2003 na G Magazine quando estava jogando no Atlético Goianiense. O ex-jogador de futebol chegou a participar do programa “A Fazenda 11”.

Rodrigo Phavanello

Rodrigo Phavanello, da boy band Dominó, posou nu na G Magazine em duas capas (Foto: Reprodução/G Magazine)
Rodrigo Phavanello, da boy band Dominó, posou nu na G Magazine em duas capas (Foto: Reprodução/G Magazine)

Membro da boy band Dominó, Rodrigo Phavanello era o “homem do momento” quando saiu nas duas edições da G Magazine - ambas bastante aclamadas pelo público da revista. Posteriormente, o cantor seguiu carreira atuando na Rede Globo em algumas telenovelas como “Alma Gêmea” (2005 - 2006), “O Profeta” (2006 - 2007) e “Sete Pecados” (2007 - 2008). Em 2019, Rodrigo Phavanello também marcou presença em “A Fazenda”.

Roger Moreira

Roger Moreira, do Ultraje a Rigor, posou nu em 1999 (Foto: Reprodução/G Magazine)
Roger Moreira, do Ultraje a Rigor, posou nu em 1999 (Foto: Reprodução/G Magazine)

A G Magazine também convidou Roger Moreira guitarrista e vocalista do Ultraje a Rigor, para posar em 1999. Na capa, ele aparece vestido, mas não teve pudor algum em fazer o ensaio para lá de sensual usando o tema “música” para posar nas páginas da famosa revista.

Victor Wagner

Victor Wagner foi um dos famosos brasileiros que posou nu na G Magazine (Foto: Reprodução/G Magazine)
Victor Wagner foi um dos famosos brasileiros que posou nu na G Magazine (Foto: Reprodução/G Magazine)

Victor Wagner se tornou um crush dos brasileiros e brasileiras que assistiram a telenovela da TV Globo Xica da Silva, em 1997, quando interpretou o Contratador João Fernandes de Oliveira. O galã, que estava sempre exibindo o corpo sarado nas manchetes e nas novelas, conquistou o público da revista e marcou duas capas.

Sucesso e admiração nas redes sociais

O ator, nascido em 1959, continua surpreendendo fãs e seguidores nas redes sociais exibindo sua forma física musculosa além de comentar sobre seus dias longe da TV. Em uma postagem nas redes sociais o ator comentou:

"Esse ensaio foi mais uma aventura que eu fiz na vida. Não passou disso. Não dá para se arrepender de nada. É tudo uma experiência, um aprendizado"

Robson Caetano

Ex-atleta e medalhista, Robson Caetano, posou na G Magazine em 2000. Ele tinha 34 anos na época (Foto: Reprodução/G Magazine)
Ex-atleta e medalhista, Robson Caetano, posou na G Magazine em 2000. Ele tinha 34 anos na época (Foto: Reprodução/G Magazine)

O ex-atleta e medalhista Robson Caetano também já foi capa da G Magazine com uma polêmica chamada: “Potência Olímpica”. A edição foi ao ar em 2000, e o rapaz tinha 34 anos.

Além da aparição na revista, Robson Campos seguiu vida artística em programas como “Dança dos Famosos” (2006) e “A Fazenda” (2014). Além disso,fundou uma agência para atletas, empresários e celebridades para ajudar jovens em situação de risco.

Dinei (Claudinei Pires)

O ex-jogador Dinei foi capa da G Magazine em 1999 (Foto: Reprodução/G Magazine)
O ex-jogador Dinei foi capa da G Magazine em 1999 (Foto: Reprodução/G Magazine)

Outro jogador do Corinthians que também posou nu na G Magazine foi Dinei. O atleta, hoje aposentado e com 50 anos, foi capa da revista em 1999, e revelou que se sentiu desconfortável e que não se orgulha disso em uma conversa com colegas quando participou do programa "A Fazenda". Ele comentou inclusive que suas filhas se sentem envergonhadas, então que evita falar sobre.

Ele conseguiu R$ 90 mil com as fotos na época.

O que foi a G Magazine?

A G Magazine foi a primeira revista que trouxe a nudez brasileira para as páginas acompanhada de temas bastante importantes e tabus que dificilmente eram discutidos pelo Brasil. Apesar dos ensaios sensuais, o foco da revista não era pornográfico, mas sim de quebra de paradigmas.

A revista surgiu com o nome de Bananaloca que foi mudado após cinco edições por sentirem que não refletia com exatidão o que a revista desejava trazer verdadeiramente. A ideia era trazer um conteúdo voltado para o público LGBTQ+, que, naquela época, muito mais do que hoje, eram oprimidos e excluídos socialmente.

A nova G Magazine surgiu então com este objetivo: o de não ser uma revista para pornografia, mas a que trazia figuras famosas para dar mais visibilidade às questões que eram tabu na época. Ela misturava nudez, religião, autoajuda, assuntos polêmicos e muita sensualidade em uma mesma revista, mostrando que o público LGBTQ+ merecia e deveria ter um conteúdo exclusivo para consumirem.

Na prática, os ensaios sempre tinham um objetivo de demonstrar sensualidade e sexualidade masculina, pois a nudez masculina era (e continua sendo) um grande paradigma. No início, os homens não apareciam totalmente despidos, mas isso mudou em pouco tempo graças às cartas dos fãs assíduos da revista.

A ideia era sempre trazer homens que estavam com destaque na mídia para dar mais visibilidade. O BBB foi um evento que atraiu bastante a atenção dos editores da revista. Além de Kleber Bambam, Dan Dan, Iran Gomes, Rogério Dragone e Alan foram outros homens famosos que posaram nus.

Por que a G Magazine acabou?

Oferecer uma bolada em dinheiro para famosos posarem nus e com o advento da internet, manter a G Magazine foi um verdadeiro desafio. À frente da revista estava a CEO Ana Fadiga.

A revista foi vendida após dez anos de circulação para o grupo norte-americano Ultra Friends International. Apesar do sucesso de vendas, a revista acumulava muitas dívidas, e a gestão da então CEO, Ana Fadigas, era muito solitária, já que os outros dois sócios se afastaram.

A empresa comprou além da G Magazine outros títulos da empresa como: a G Travel Online, o site G Online e de quebra uma agência de turismo voltada ao público da revista. Após a venda, a empresa americana continuou publicando edições da revista.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos